Vida Profissional X Crise

Se em tempos normais já era difícil buscar recolocação profissional, com as mudanças no mercado devido a pandemia a situação tende a ficar ainda mais delicada. A crise provocada pelo novo coronavírus gerou milhares de demissões, sendo assim, quem já estava desempregado antes da quarentena sentiu ainda mais os efeitos da crise. Muitas empresas encerram as atividades, outras optaram por férias coletivas ou redução no quadro de funcionários.

Segundo dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), a taxa de desemprego no primeiro trimestre subiu para 12,2% em comparação ao último trimestre, ou seja, estima-se um total de 12,9 milhões de pessoas desempregadas. A verdade é, que o cenário econômico mundial mudou! E sem dúvidas, estamos diante de uma crise que pode provocar uma virada histórica não apenas nos nossos hábitos e comportamentos, mas também na forma de nos relacionarmos com o trabalho.

Diante dessa situação é comum os sentimentos de angústia, insegurança e incerteza, o que gera desmotivação. Mas é importante pensar que uma crise também pode ser encarada como um momento propício para desenvolver habilidades e competências, que irão agregar sua vida profissional e pessoal. Um dos erros mais comuns apontados por alguns especialistas em recolocação, é que muitos profissionais, após longos anos trabalhando em uma empresa, perdem a autonomia, param de investir na carreira e buscar estratégias profissionais e desenvolvimento.

Diante disso, é importante aproveitar o momento para buscar autoconhecimento e identificar características que precisam ser aprimoradas. Os “soft skills”, habilidades não técnicas, são características cada vez mais avaliadas pelos recrutadores. Essas, nada mais são que competências e habilidades pessoais que dizem respeito a como a pessoa reage diante de um problema, situações conflituosas, como é a sua interação social e etc. Ou seja, são características para além do diploma ou certificações. E em tempos de crise, essas habilidades são supervalorizadas na hora da seleção de profissionais.

Uma outra dica importante é investir na sua imagem profissional no mundo digital. A tendência é que as empresas renovem cada vez mais sua forma de contratação, otimizando os processos e migrando para o virtual. É cada vez menos comum processos de recrutamento via currículos impressos e entrevistas presenciais. E se você tem dificuldade em reformular o seu perfil profissional digital, vale a pena buscar ajuda de um profissional especializado. São inúmeros cases de sucesso de pessoas que foram contratadas após investirem na apresentação do seu perfil profissional no Linkedin.

Mas vale lembrar que reformular o perfil e deixa-lo atrativo não é tudo. É importante ter engajamento, fazer boas conexões, compartilhar ideias e aproveitar todas as funcionalidades da plataforma. Sendo assim, busque e comente assuntos do seu interesse, da sua área de atuação, pesquise perfis profissionais da sua área de interesse e observe habilidades, competências, formação e qualificação. Lembrando que essa busca não deve ser feita em caráter de comparação, mas sim como forma de inspiração, saber as tendências de cursos e qualificações para a sua área, além de conhecer o mercado e o que ele exige.

O período não é interessante apenas para buscar oportunidades dentro da sua área, mas também é propício para repensar a carreira e trilhar novos desafios. Contudo, essas reflexões devem ser feitas com bastante cuidado. O momento por si só já traz ansiedade e angústia, sendo assim, é importante avaliar com cautela e entender as reais motivações da sua escolha. Por isso é importante racionalizar e levantar alguns questionamentos, como: projetar a vida pessoal e profissional após a mudança, as vantagens e desvantagens da nova escolha profissional, os esforços que serão feitos e os retornos. Nesse caso, a ajuda de um profissional poderá ajudar a ter mais clareza na tomada de decisão.

Por fim, esse momento exige adaptação, essa é a palavra. Seja na hora de se adaptar a rotina home office, buscar recolocação profissional ou mudança na carreira. E para isso é importante se conhecer, manter a calma e o foco, em momentos de crise e insegurança, quando bem conduzidos, pode trazer mudanças valiosas para a nossa vida profissional e pessoal, afinal “mar calmo nunca formou marinheiro experiente.”

Autora: Dalyenne Franco
Psicóloga e Consultora de RH
Crie Soluções Recursos Humanos